E ela diz: "Sou contra o homossexualismo"!

Tem um programa que passa na TV que, se não me engano, é o “Casos de Família” no qual um pastor abandonou o palco quando percebeu que a platéia não estava do seu lado. Coisa boa , né? O pastor não parava de falar encima de todo mundo, sim, pois é isso mesmo que eles fazem, parece que tem uma escola que ensina a eles (e tem mesmo) que se não pararem de falar, vão acabar sendo ouvidos. E são! Mas desta vez falhou. O pastor teve a cara de pau de dizer que não estava acostumado com isso e zarpou.

Esses programas realmente me deixam pasmo, quanto mais vejo, mais pena sinto da humanidade. É PATÉTICO! Tinha uma mulher lá que não parava de falar que era “contra” o homossexualismo. Como que é isso? É o mesmo que dizer que é contra negro! HELOOOOOOOO. Ser contra gay é o mesmo que querer que eles morram, desapareçam!!! E ainda acaba as frases falando que não é preconceituosa. O pior é que falam: “Eu sou contra” como se fosse a coisa mais digna do mundo! Como se estivessem defendendo um valor raríssimo, como se assim fossem defender a família brasileira. O imbecil que fala isso está propagando ódio puro e simples. Ser contra o homossexualismo é o mesmo que ser contra loiras, ser contra paraplégicos ou ser contra mulheres! O que isso significa, que muita gente fala sem nem pestanejar, é que você é contra um tipo de pessoa. Mas um tipo de pessoa que nem ao menos escolheu ser assim, o que torna a coisa muito mais sinistra ainda. Ser contra o homossexualismo é ser contra a liberdade intrínsica de cada ser humano de escolha. Sim, pois foda-se se é genético ou não. E o direito de escolha? Se for uma escolha, quero o mesmo respeito. Enquanto minha escolha não interfere na escolha do próximo, posso escolher à vontade. Não posso escolher ser assassino, claro! Isso fere o direito de vida do próximo, mas ser gay? Em que isso pode interferir na vida de alguém que não seja a de quem eu vou pra cama?

Por isso e muito mais, parem de ter tanto orgulho de dizer que são contra o homossexualismo. Isso é o mesmo que se declarar racista, sexista ou nazista! Se mesmo assim não estão convencidos vou citar uma campanha inglesa: “Some people are gay, Get over it!” algo do tipo; “Algumas pessoas são gays. Supere isso!”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in criminalização, homofobia, igreja, justiça, nazista, ódio, Pensamentos, preconceito, religião, violencia. Bookmark the permalink.

27 Responses to E ela diz: "Sou contra o homossexualismo"!

  1. FOXX says:

    a diferença é que vc sabe disso, eles não, então… como fazer alguém entender que isso é preconceito e não uma característica positiva a ser reforçada?

  2. Papai Gay says:

    Que tal processos, cadeia…?

  3. Leandro says:

    Mentecaptos!!!Detesto quando alguém solta a sua homofobia e depois diz que não é preconceituosa ou não tem nada contra homossexuais porque cada um faz o que desejar da sua vida, mas porque então faz de tudo para alastrar a homofobia. Tão incoerentes. A minha mãe quando me levou ao psicologo na adolescencia depois que eu percebi que ela e papai fingiam que eu não era homossexual ela disse a terapeuta na minha 2ª sessão e na minha frente que não tolerava atração sexual pelo mesmo sexo. Ao ouvir eu quis rir de tal insanidade porque ela não estava pensando pela propria cabeça e sim comprou um pensamento pronto e si quer parou para pensar o porque. Mas isso é passado e espero que estas criaturas supere como mamãe.ps: mas uma vez escrevi um livro lol

  4. Wallace R. says:

    Semana passada presenciei um caso que tem relação ao tema do post.Meu professor propôs um debate sobre o homossexualismo na sala e lá fui eu defender com unhas e dentes o grupo. Até aí tudo seguiu normalmente, com o grupo oposto falando que homossexualismo é doença ou modismo e nós falando do direito do ser humando de ser livre e respeitado. Mas o que chocou foi o resultado: ao final houve uma votação com 21 votos contra e 5 a favor. Fiquei horrorzado, pois TODOS os meus amigos(??) também votaram contra. Não posso ignorar isso, passo a maior parte do dia junto de homofóbicos, e não sei até quando irão me respeitar.

  5. Papai Gay says:

    Nossa Wallace! Muda de escola querido!Pelo amor de Deus, 21 a 5 dizendo que é doença é foda! Quantos anos você tem? E de onde você é? Qual foi a postura do professor no final? Ou o retardado também acha que é doença?

  6. Wallace R. says:

    A situação é complicada. Tenho dezesseis anos e sou dependente dos meus queridos pais ignorantes; mudar de escola está fora de cojitação porque estudo em uma ETEC(escola técnica) e eu lutei pra passar no(maldito) vestibular, não posso e não quero desistir.Quanto ao professor, ele não sabe nem escrever homossexualidade, portanto está alheio à gravidade da situação. Aliás, todos estão alheios, e só quem sofre sabe o quanto é desesperador. Pra mim preconceito era coisa de filme até isso acontecer, já que os meus amigos de fora da escola aceitaram numa boa. Só quando vi que o mundo não é doce como banana(trocadilho infame) é que caiu a fichato pensando em juntar um material(tipo documentários) e pedir autorização pra passar na sala. Tenho que fazer o que está ao meu alcançe, pois mudar o mundo não é possível sozinho.E obrigado pela atenção, seu blog é uma motivação pra mim 😀

  7. Papai Gay says:

    Nossa! Que tédio Wallace. Não queria estar na sua pele. Tentar convencer adolescentes de 16 anos deve ser um desafio. Boa sorte, passa o documentário sobre o homossexualismo no holocausto, chama-se "Paragraph 175", aparece depoimentos de gays velhos que sobreviveram à mataça pelos nazistas na 2a Guerra Mundial. IMPERDÍVEL! Isso, com certeza vai assustá-los!!! Nem devem imaginar o que o preconceito já gerou de mortes!

  8. Paulo says:

    Papai,não tem como voce por este documentário aqui no blog para assistir ou um link dele? Nossa eu queria ver o que eles falam. Nem imagino o que passaram !! Será que não eram também rejeitados pelos próprios colegas judeus héteros do holocausto? Vou ver se tem no youtube algo, pena que meu inglês é fraco…rsrs. Obrigado pela dica.

  9. Anonymous says:

    Preciso muito conversar com alguém! tenho20 anos, moro numa cidade MUITO pqna, e ser gay aqui é mais do que complicado! É sério, estou pensando direto em suicídio! Sei que tenho q passar por cima disso tudo! Mas tá difícil, cada dia mais! Contei aos meus pais e eles ignoram, como se fosse uma fase, algo da idade, modismo, sei lá! meu msn é absolut.intense@hotmail.com quem puder me dar um apoio, eu agradeço muito…

  10. Papai Gay says:

    Anônimo, ser gay é complicado mesmo, para todos nós, o importante é você ter a CERTEZA que é super VIÁVEL, a dobradinha : ser gay e feliz! Jamais desita da vida, pois por mais que seja cliché, o mundo dá muitas voltas e com certeza você vai arrumar um jeito de sobreviver e saltar todos os obstáculos a sua frente. Foi assim comigo e posso te afirmar que com TODOS OS GAYS! Segura firme aí e pode contar com este espaço para desabafar e angariar amigos. Abraço forte Papai Gay

  11. Wallace R. says:

    Podemos nos espelhar nos exemplos do passado. Por exemplo os negros e as mulheres, que lutaram contra o preconceito da sociedade e a negligência do clero(que na minha opinião é nosso maior inimigo). O povo brasileiro tem um dom incrível de esquecer a sua própria história, por isso não luta por seus direitos(uia me senti épico agora)

  12. Marllon says:

    Assitir nesse dia Casos de família e o que me deixou realmente abismado foi o fato do casal quase ser expulso por estarem se acariciando no local da música sertaneja con a atitude do pastor confesso que não fiquei surpreso dele eu esperava tudo e sua última frase então mostrou o quanto era preconceituoso ao dizer "não estou acostumado a frequentar esse tipo de ambiente" acho que ai ele já disse tudo. Wallace R estou passando um momento parecido com o seu ontem mesmo ouvi a seguinte frase " Eles são um bando de abominação pormim colocava todos em um corredor e mataria todos" e lógico eu estava tentando mostrar o quanto eles eram preconceituosos e escutei"o homem foi feito pra mulher " nossa peguei um nojo tão grande deles não estou suportando nem olhar pra nem um deles não entendo como um ser humano pode falar o que eles falaram de outro ser humano e o pior de tudo como só fui perceber o quanto eram preconceituosos a tão pouco tempo é nessas horas que lembro da matéria da veja onde diz que jovem não tem preconceito essa revista está cada dia mas patetica. Mas sabe pelo que fico mas chateado por eles mesmo são pessoas de boas família é uma escola particular todo eles tem acesso a todo tipo de informação os professores já tentaram quebrar o preconceito varias vezes com informações e etc e pelo que ouvi nada adiantou então pensando nisso vou ter que fazer um trabalho de literatura uma "radionovela" pra ser mas exato e por sorteio acabei pegando o conto de Machado Uns Braços segundo a professora podemos fazer o que quisermos então decidir transformar a personagem principal em Travestir e mostrar um amor Homossexual para tentar tirar o preconceito o que vcs acham ? mostro ou não mostro ?. Quanto ao Anônimo cara a vida é bela simplesmente viva a sua vida e tire essa ideia de se matar da sua cabeça.

  13. Papai Gay says:

    Marllon, achei ótima sua idéia de trasformar o romance num conto gay. Cuidado pro tiro não sair pela culatra com o travesti, pra não ficar muito caricato e com isso afastar ainda mais os ignorantes. Mas também se afastar FODA-SE né? Eles já querem te fuzilar mesmo! rs

  14. Maycon Aguiar says:

    Olá, como vai? Acompanho o blog há meses e, agora, achei oportuno comentar. Como gay, devo opinar sobre a postagem. Sempre penso numa coisa: ninguém é obrigado a aceitar uma coisa que não lhe cabe. A mulher citada tem, eu acho, o direito de ser contra gays, é a opinião dela. Enquanto não houver real ofensa, ou discriminação, ela está certíssíma em expor o próprio desejo se não estiver humilhando ninguém. Senão, os gays tolherão tudo o que deles falar; isso, é lógico, será ridículo. Se o queremos é respeito devemos aceitar que falemos de nós, que opinem sobre nossa condição. Isso é saudável, é natural! Bom, desculpe se me exaltei ou se o tom pareceu ofensivo e, devo acrescentar que gosto bastante do modo como você milita para assegurar os seus – nossos – direitos, mas devemos ponderar. Cotas raciais, leis contra a homofobia e similares são desnecessários, a constituição prevê igualdade para outros. Se grupos isolados tem privilégios passam, no mesmo ato, a ser os discriminadores. A solução seria conquistar o respeito, e não impo-lo. Novamente, parabéns pelos escritos.Um cordial abraço.

  15. Papai Gay says:

    Maycon, primeiro, obrigado pelos elogios e tal. Mas tenho que te falar que discordo de TUDO que você falou! O pior é a frase: "A mulher citada tem, eu acho, o direito de ser contra gays"É o mesmo que ser contra NEGROS, JUDEUS E QUALQUER MINORIA! Isso é ser homofóbico tanto quanto ser RACISTA OU ANTI-SEMITA! E no caso dos negros e judeus é crime. Opinião é uma coisa, ser contra um grupo de minoria é outra! O que é ser contra gay? É odiar gay!!! PONTO! Não existe a não aceitação! Não aceitar gay, não é simplesmente não aceitar o comportamento gay, é não aceitar a pessoa pelo que ela é! Preto é aceito, judeu é aceito, deficiente é aceito e gay não é? Tem algo errado. Depois você fala "enquanto não houver ofensa". A desgraçada vai em rede nacional dizer quie é contra o que eu SOU e você acha que não é ofensivo? E tem mais! Não acho ridículo tolir o que se fla de gays! Tudo que for ofensivo tem que ser tolido mesmo. Existem crianças gays em formação que precisam ser respeitadas, que precisam acreditar que não cresceram para virarem uma comédia e portanto não se matarão antes disso. Falar sobre o homossexual? Super válido!, Falar dos negros e judeus? Ótimo. O que se fala e o que se prega, aí tem que ter limites. Não se pode pregar por aí que somos abominação e PONTO FINAL! Isso incentiva o ódio e a violência e gays são mortos por causa dessa merda! Você fala em conquistar o respeito, lentamente, e tal. LINDO. Mas o que vemos na prática? Dourado campeão do BBB, a igreja evangélica bombando às custas de pregações anti-gays e por aí vai… |Bom, é isso. Volte sempre. rs

  16. Marllon says:

    Pode ter certeza que não vai ser caricato mas confesso que estou com medo do roteiro não ser aceito pelo meu grupo já que tem duas meninas que são evangelhicos (apesar que teve uma delas que gostou da ideia e até pediu o papel antes de ler o roteiro) vai dar trabalho mas eu estou adorando escrever é muito bom. Quanto ao que o Maycon falou concordou com tudo que Papai gay falou só gostaria de acrecentar que todos merecem respeito e ninguém tem que conquistar respeito aos poucos todos temos que respeitar uns aos outros como condição ser humano todos tem o direito de viver a sua vida do jeito que quiser é até patetico que em pleno século 21 o ser humano esteja descultindo questões como essa .

  17. Paulo says:

    Oi Mau Couti eu fui lá ver o documentário mas como ele todo é em inglês não absorvi tudo mas fui pesquisar sobre O Pierre Seel,um homossexual francês que achei num texto em português. Nossa que horror que ele passou, mas no final da vida ele conseguiu viver ao lado de um homem e contar para o mundo o que os nazistas também fizeram com os homossexuais. O fato que mais me chocou foi quando ele contou que um dia no campo de concentração eles fizeram todos os gays ficarem em pelotão e assistirem a morte de um rapaz homossexual de 18 anos. Os nazistas o despiram colocaram um balde sobre a cabeça do rapaz e mandaram que cães pastores alemães ferrozes o dilacerassem. Com o balde na cabeça o eco dos berros e gritos do menino se faziam ecoar. Foi feito de propósito para que todos os prisioneiros homossexuais ali presentes gravassem nas suas mentes o quanto os homossexuais eram odiados. O rapaz era o namorado dele quando ainda em liberdade lá fora e ele não tinha visto que ele foi preso também e teve que assitir a tudo calado. Os gritos do rapaz ecoaram na cabeça de Pierre por 50 longos anos. Viu Maycon o que manifestações de intolerância a homossexuais fizeram chegar no passado? Por isto hoje quando esta mulher diz isto ela com certeza faz outra violência: a violência psicológica, na cabeça de quem está se descobrindo e ela está implantando a intolerância e isto é um passo para o ódio e para cometer assassinatos. A resposta do papai Mau Couti diz tudo.

  18. Papai Gay says:

    Nossa Paulo, que relato horrível e super pertinente, obrigado por compartilhar conosco. Estou tentando fazer o upload do Paragraph 175 com legenda e tudo, mas da erro o tempo todo, acho que é por causa do tamanho, uma hora e pouco.. Pelo visto vai sair o post sem o documentário mesmo…

  19. DESASSOCIADOS says:

    Gente, tbm assisti nesse dia. Fiquei chocado. Não pela atitude dos participantes, o que já era previsto, mas sim, com a abertura que a TV proporciona para esse tipo de pessoa. Seria como divulgar alguém falando mal de pessoas negras ou fazer apologia a escravidão, e o pior sentindo-se em pleno direito.Espero que assim como a escravidão, um dia eles possamos olhar para o passado no caso HOJE, e sentirem vergonha por cada palavra.

  20. Ana says:

    Eu sou contra a essa coisa anormal de se viver ,essa coisa de casamento gay , de lesbicas de tudo qualquer merda! Eu posso ser discriminada , julgada , processada , presa e ate morta ! mais eu nao vou tirar a minha identidade de de ser contra a essas pessoas!

    Eu sei disso pois ja estudei com gays ja convivi com eles !

    E sabe de uma coisa?e horrível como eles tratam as pessoas,eu tenho respeito?tenho sim!!! pois se hj em dia vc ver um casal normal de namorados as pessoas chamam atencao!Por isso eu digo por que os gays e o resto desses seres humanos , devem ser tao perfeitos assim?

    pq o governo quer gastar tanto dinheiro com esses homossesuais , e nao gastam com as pessoas carentes q estao perecendo la fora ,porque os governantes fassam o possivel para melhorar nossas ruas , nosso meio ambiente ,por q nao luta contra as drogas!e ainda por cima tem a minima vergonha na cara de dizer que é "gay"de natureza! isso e uma falta de vergonha na cara!!!e ainda o governo gasata dinheiro com essa porcaria de "kit gay"! podia muito bem dar palestras contra as drogas , um ensino melhor para nossos filhos futuros!e eu digo a Biblia , palavra de Deus condena uma coisa absurda dessa!

    • Papai Gay says:

      Coisa anormal é você! Nunca vi tanta besteira junta, e ainda mais escreve "fassam" com 2 "ss". Você estudou muito com gays, né? Só uma ignorante como você pra falar que quer ser presa ao invés de aceitar os gays. Mas, já estou acostumado com esse tipo de comentário e só aceito para mostrar ao mundo quanta gente burra e preconceituosa nos atrapalha!

  21. Raoni says:

    Me sinto um idiota… nunca havia reparado que trabalhava em meio a pessoas tão preconceituosas até hoje. Ainda tenho a capacidade de ouvir que “Deus fez o homem e a mulher, e não homem com homem e mulher com mulher”, ouvir que “Eu não sou contra homossexuais, mas sim contra o homossexualismo”, até ai Hitler também era contra o homossexualismo. Ouvi que se for para processar que nós deveríamos processar Deus, porque Deus era homofóbico.Ouvi: “Se ser contra o homossexualismo é ser homofóbico, então eu sou a pessoa mais homofóbica do mundo. Ouvi apoio ao Bolsonaro! Isso é ridículo. Hoje ouvi tanta baboseira que precisava desabafar… Estou magoado, não só pelas besteira e pelas baboseiras que disseram, mas por serem meus amigos até hoje… sinceramente, sinto vergonha de ser visto com eles agora… não consigo olhar na cara mais.
    Quantas asneiras se escondem na mente das pessoas? Hoje eu vi como a religião cega! O pior problema é que trabalho em um jornal, com alguns jornalistas que se dizem “imparciais” e que, por ética, não deveriam transmitir sua opinião. Que profissionais são estes que entram no mercado sem saber respeitar o espaço do próximo?
    Eu pago meus impostos, eu compro e vendo mercadorias, eu tenho RG, CPF, eu voto, pago contas de água, luz, esgoto, eu sou um cidadão. Só quero o meu direito de me unir com quem eu quiser e isso não me diminui como pessoa ou como cidadão. “Mas deus não quer isso!” Pois eu também não quero o seu deus! O meu Deus é um Deus de amor e compreensão e não de ódio é maldade. Aliás é isso que mais acontece hoje em dia, as pessoas usam a religião para odiar…

    • Papai Gay says:

      O que mais assusta é ver que esses homofóbicos trabalham em um meio que pode facilmente influenciar mentes fracas, os jornais. Que merda! Por isso tem que ser crime mesmo. Só o fato de poderem falar abertamente tais absurdos já é motivo o bastante para preocupação. Olha o estado que te deixaram. Será que falariam assim, tão abertamente, dos negros ou dos judeus???

  22. EU SOU CONTRA OS GAYS says:

    É natural que eu seja contra é um instinto de preservação da espécie… você decorou esse texto? porque agora todos os gays usam os mesmo argumentos, não podemos mais dar nossa opinião verdadeira que logo alguém diz: nossa eu tenho pena de você, você é um ignorante, vai estudar… olha faça-me o favor, o amor gays nunca será aceito como sendo uma algo NATURAL, você leu bem? eu disse NUNCA, porque sabemos perfeitamente que não é, não existe terceiro sexo, só existe dois, homem e mulher, vagina e pênis, espermatozoide e óvulo, não queira nos empurrar de goela a baixo que vocês são normais isso é muito baixo da parte de vocês, sejam ao menos dignos e reconheçam o que todo mundo já sabe, que vocês infelizmente são desvirtuados sexualmente e isso é uma escolha sim, as pessoas tem livre arbítrio, então foram escolhas de vocês, minha opinião e da maioria esmagadora da população.

    • admin says:

      Cara, você é chamado de ignorante não é à toa. Você que quer empurrar goela abaixo da CIÊNCIA, que ser gay é antinatural. A maioria das espécies na NATUREZA possuem membros homossexuais. VAI ESTUDAR SEU IGNORANTE HOMOFÓBICO!

  23. EU SOU CONTRA OS GAYS says:

    Você pode criticar a minha crença? pode! Você pode discriminar minha teologia? pode! Você pode ir para Televisão para o Rádio, para a imprensa, para a Internet e dizer eu não aceito a crença evangélica, eu sou contra. Você é livre, é o seu pensamento.
    Você pode criticar a Igreja Católica? pode. A teologia católica? pode! Espírita? pode! Partidos políticos? pode! Os políticos, o Presidente da República, Pastores, Padre, diabo, Deus? pode! Mas homossexuais não pode! Que história é esta? Querem rasgar a Constituição? Querem acabar com o Estado democrático de Direito. Que conversa é essa que qualquer critica a homossexuais virou homofobia? A lei que criminaliza a homofobia não existe pra negrofobia, brancofobia, jedeufobia, nem heterofobia, por que que teria que existir pra homofobia? O que dizer da familiafobia? Se fosse pra quebrar os direitos comuns de todo ser humano dando privilégios para um determinado grupo, este não seria o grupo dos LGBT.

    vc quer que eu desenhe? .. anus não tem nada haver com sexo, não foi feito para isso, mas alguém inventa que é e cria argumentos inconvinientes.. sexo tem haver com aquilo que dá fruto, a parte reprodutora.. um mundo só de homens ou só de mulheres, em uns 100 anos resultaria em um apocalipse, a raça iria terminar, e a Terra viveria só de animais ou seria desabitada como outros planetas.. você quer dar o tobas? então dê mas não venha querer dizer que isso é normal não.. seu arrombado.

    • admin says:

      Realmente, só vou aceitar essa merda desse comentário para demonstrar o quanto evangélicos são BURROS e mal educados. NÃO VOU NEM RESPONDER.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *