Relação hetero versus homo.

Como já contei, fui casado com uma mulher por cerca de 10 anos. Depois dela, me casei ainda umas 4 vezes, todos homens. A questão é: Por quê meu relacionamento mais duradouro foi com uma mulher? Volta e meia tento achar a resposta. Agora é uma dessas vezes. O que será que me fez ficar tanto tempo com uma mulher sendo gay? É mais fácil lidar com conflitos inerentes aos relacionamentos heteros? Qual a diferença afinal?

Quando era casado com minha esposa, tínhamos nossos papeis dentro do matrimonio muito mais definidos. O que quero dizer com isso? Bem, o homem seria o provedor e a mulher cozinharia? Claro que não. Afinal, não vivo na idade média. Mas, acredito que até hoje a mulher permaneça com o instinto de cuidar do seu parceiro, da casa, da organização do lar e por aí vai… Enquanto o homem, por mais que os tempos tenham mudado, ainda é cobrado de ser o provedor, o defensor da paz e de certa forma a estabilidade do lar. O que eu quero dizer é isso. Cada um no seu quadrado, cada um com suas expectativas e deveres diferentes. A união de pessoas do sexo diferente não os força ao confronto com seu semelhante e sim o oposto, a complementação dos seres e a união em si são bem definidas e possuem limites claros e fáceis de serem respeitados.

Agora, imagina a união entre iguais. O conflito que isso gera. O espelho que nos é imposto pode ser uma experiência muito dolorosa de ser vivida. Não há o limite, a linha divisória, onde a união e a complementação se esbarram. Para os gays só nos resta a intercessão, a simbiose, a mescla. Portanto, para se atingir essa mistura de valores, desejos e anseios que se faz necessária ao casal homossexual, a única opção é a da entrega total. O outro nos conhece a fundo, somos iguais, não nos completamos, temos que ser literalmente um só. Talvez, por isso, na Grécia antiga os filósofos terem escrito que só o amor entre os homens era o amor puro. Para mim, não se trata de amor puro, mas de um amor único, especial, como cada um de nós.

Não proponho dizer aqui que o amor homo é melhor ou pior que o hetero, mas que são diferentes, isso eu acredito. Como é diferente o amor de mãe, de pai, de irmão, de amigo, de amante… Lógico que tem gente que afirma de pé junto que amor é amor, e que tudo é igual, mas não é. Meu amor agora é quase um amor por mim mesmo. Um amor por tudo que circunda e povoa o universo masculino GAY. Amo no outro tudo que eu também sou, meu cheiro de macho, meu timbre forte, minha mão pesada, meu jeito HOMEM. Ser gay não é uma afirmação do meu lado feminino, é o contrário. Ser gay me faz mais HOMEM.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in amor, gay, Pensamentos, sexo. Bookmark the permalink.

25 Responses to Relação hetero versus homo.

  1. Paulo Braccini says:

    Muito bom … perfeito mesmo … é por aí mesmo … ao longo de meus 36 anos de relacionamento gay com meu par, aprendemos isto e é, tão somente por isto q conseguimos manter aceso este nosso amor …bjux;-)

  2. Vine says:

    Nossa gostei do final do texto, pra mim ser gay me faz mais humano… penso 10 veses a mais do que muitas pessoas e isso me fez crescer muito!Hoje em dia ate a união entre heteros esta se tornando rara, todos querem ficar solteiros!

  3. Marcelo says:

    Pensei que tivesse namorado! Fico feliz em saber que não, quem sabe posso lhe ensinar o amor gay?

  4. Heiderscheid says:

    Perfeita a conclusão do seu texto. Também penso isso. Por mais que alguns gostem da androginia, a homossexualidade torna os homens muito mais homens e as mulheres muito mais mulheres, afinal, eles viram profundos conhecedores da causa.

  5. FOXX says:

    posso estar falando uma grande besteira, mas…será que com uma mulher vc ficou mais tempo com ela com medo de se assumir pra vc mesmo?

  6. Anonymous says:

    Conversei uma vez com um amigo psicólogo e ele me explicou o seguinte: essa fórmula marido e mulherzinha é universal. Há em todas as espécies do planeta. Sempre alguém vai ter de interpretar o papel do provedor, do homem, enfim. Quando nós gays vamos nos relacionar, talvez por estarmos à margem da sociedade, tentamos uma outra fórmula, essa fórmula do companheirismo. Segundo esse meu amigo, essa fórmula não funciona. Aliás, pode até funcionar, mas em raríssimas excessões. Então o que nós homossexuais temos de fazer para termos relacionamentos duradouros é seguir essa velha fórmula hétero do maridão e da mulherzinha. Alguém vai ter de exercer a chefia do relacionamento, enquanto que o parceiro vai ter de se deixar levar. Bem, é isso!P.s.: Aí eu te questiono? Nos seus relacionamentos homos vc alguma vez já se permitiu ser a "parte fraca" do casal? Aquele que é conduzido pelo parceiro? Enfim, já se permitiu ser a mulherzinha? Presta atenção, ser a mulherzinha não significa ser o passivo da história, mas sim aquele que não tem chefia da relação. Não vamos confundir uma coisa com a outra. Bem, beijos!

  7. Michele Cursino says:

    Ola…Já a algum tempo conheci o seu blog, nem preciso dizer que amei, principalmente pelo fato de ter colocado ele nos meus favoritos e entrar com frequencia para ler os textos e ver o que anda rolando!Esse texto me chamou mais atenção, pois sou casada com um homem, a quase 10 anos (completariam em dezembro agora), porem estamos nos separando, pois a algum tempo decidi contar a ele que sou gay, e que queria viver isso. Ele foi super compreensivos, e só estamos morando juntos por algumas questões tecnicas, que estão sendo resolvidas!rsO que quero dizer com tudo isso? OBRIGADO! Seu blog serve de inspiração, não só pra mim, mas a todos que entram aqui, por isso agradeço!!!BeijosPs: Tem msn? me add? pink_taubate@hotmail.com

  8. Papai Gay says:

    Marcelo, tenho namorado sim…

  9. Mr Gayrrisson says:

    Honey,Você está dizendo o mesmo que minha antiga psicóloga dizia, e é verdade. Há conflitos que normalmente não são esperados. Mesmo por que, toda nossa "educação sentimental" pensa os relacionamentos no formato "hetero", com papeis previamente bem definidos – ainda que na prática as coisas não funcionem bem assim.Precisamos construir uma forma de nos relacionarmos, já que o modelo ensinado socialmente não nos serve. É um desafio, sem dúvida. Mas ao mesmo tempo, um mundo de possibilidades! Grande abraço

  10. Papai Gay says:

    Foxx, eu sempre fui assumido para mim mesmo. Eu já tinha resolvido não viver meu lado gay ( diga-se de passagem, era bem mais que apenas um lado gay) e como eu a amava muito e era feliz assim mesmo, fui ficando.

  11. Papai Gay says:

    Caro anônimo que me perguntou se eu alguma vez fui a "mulherzinha". Acho que não. Mas já estive em relacionamentos onde ambos eram dominantes… Não durou, vou ter que concordar. Mas, achar que a formula hetero de um provedor e um submisso é a única solução, acho muito vazio. Não acho que seja assim tão simples…

  12. Papai Gay says:

    Michele, uso mais o blog que MSN…

  13. Andróide Sem says:

    Apesar de discordar um pouco do texto (essa mulher descreve bem o que penso http://bit.ly/9Divdb) achei o final fascinante: "Amo no outro tudo que eu também sou, meu cheiro de macho, meu timbre forte, minha mão pesada, meu jeito HOMEM. Ser gay não é uma afirmação do meu lado feminino, é o contrário. Ser gay me faz mais HOMEM."

  14. Edu says:

    Interessante a reflexão e o complemento do anônimo. Acho que lá em casa somos dominantes e dominados em diferentes áreas. Cada um manda em alguma coisa, rsrs. E sim, tem horas que eu queria ser só a mulherzinha protegida e provida. Mas não creio que duraria muito – sou meio alfa também! :-)

  15. Mateus says:

    É Marcelo ele não tem namorado, ele tem namorido!!! rsrs….

  16. vine says:

    Concordo com a Michele seus textos servem pra refletir e de inspiração pra muita gente ! 😀

  17. Anonymous says:

    You're an inspiration for me, even when my eyes can only see difficulties. Thank you.

  18. Rafael Bezerra says:

    ISSO É VERDADE, O AMOR NÃO É IQUAL, SÓ OS SEXOS QUE SE ASSEMELHAM…HEHEHE ADOREI ESSA SUA COLOCAÇÃO, ALIAS ADORO TUDO QUE VOCÊ COMENTA AQUI NO BLOG…SOU SEU FÃ…ABRAÇOS E SUCESSO! AS COISAS QUE VOCÊ FALA É PURA VERDADE, MAS AINDA TEM PESSOAS QUE SE "ESCONDEM NUM LUGAR QUE TODO MUNDO VER" E O BLOG É PARA ISSO, MOSTRAR O QUE NINGUEM QUER ENXERGAR, E SABE QUE TODOS PODEM VER! E ENTENDER…

  19. Rafael Bezerra says:

    eu acabei fazendo um blog, adorei tanto sua ideia de idealizar de uma forma de pensamento diferenciado que acabei criando o meu proprio blog…depois me aceita ai nos seguidores..abraços

  20. Rafa says:

    ODEIO fórmulas!Não vivo a procura disso mesmo. Nem paro para questionar isso.Por que você viveu mais tempo com uma mulher? Depende de tudo. Depende da idade, da pessoa, do contexto, da cabeça… ai de um monte de coisa.Tenta viver com uma mulher agora para ver se vai ser duradouro. Faça o teste!Conheço um casal em que os dois são "mulherzinha" (como um outro amigo aí em cima disse) no relacionamento. Estão juntos há anos. Agora, eu concordo que um relacionamento homo (especialmente entre homens) é mais complexo sim. Isso é devido ao que sexo masculino é por natureza. Mas nada que uma conversar resolva, caso haja sentimento. Sobre o final, que todos estão comentando, eu sou diferente. Gosto do meu oposto, inclusive fisicamente. E pra ser sincero, o meu oposto gosta de mim pq sou o oposto dele. já fiquei 10 anos casado com esse oposto? Não! Olha aí… Novamente uma outra fórmula não funcionou.rs.

  21. Marllon says:

    Meu caro relacionamento é uma das coisas mas complicadas que existem principalmente se for homo temos que lidar com que tentar ter uma vida social, ainda temos que lidar com os ciumes dos amigos com o namorado e dos ciúmes do namorado com os seus amigos vou parar por aqui estou naquela velha fase e espero que não acabe nunca namorar estou fora pra que namorar se posso aproveitar o melhor de um relacionamento sem ter que dar satisfações da minha vida a ninguém não quero ser controlado não. Ps: Não tenho nada contra a relacionamento só não quero ter quem sabe daqui a uns vinte anos eu não mude de ideia kkkkkkkkk

  22. cotrimus says:

    Mau, boa reflexão. Me sinto da mesma forma. Sou muito mais homem depois que entendi a minha sexualidade e decidi vivê-la de forma aberta.De fato as minhas relações sexuais-afetivas com mulheres foram mais duradouras pois de certa forma estavam "protegidas" pela conformidade, pela aceitação social e por mais que lutemos em aceitar que isso pesa muito, faz toda a diferença.Tenho a impressão de que um relacionamento homoafetivo precisa o tempo todo de reafirmação, de tudo: valores, presença, afeto. Isso nos torna mais macho, sem sombra de dúvida. Abraços!

  23. Nisso Sousa says:

    A sua conclusão é perfeita e me fez entender seu pensamento inicial… me fez refletir… adorei mesmo o post, só não sei se é mesmo mais facil conviver com mulheres… meus relacionamentos duradores foram com homens, justamente devido a simbiose que há! nem uma mulher consegue entender a outra, como o homem pode entende-la? os heteros devem adorar esse misterio, mas os gays gostam (eu acho) de saber onde estão pisando! claro que tem misterio, duvida e perigo nas relações homo, mas se reconhecer no outro (medos, desejos, duvidas, fraquezas) torna o amor gay especial…e concordo perfeitamente "Ser gay não é uma afirmação do meu lado feminino, é o contrário. Ser gay me faz mais HOMEM."

  24. Nisso Sousa says:

    e discordo completamente do anonimo… na relação gay n é preciso alguem que mande, inclusive acho que as relações heterossexuais são mais infelizes por isso, muitas até duram, mas a que custo? realmente concordo com o Rafa, quando ele diz que não há formula… ninguem é igual, nenhuma relação é igual e tem gay q gosta mais do lado fiminino! só posso concluir com um viva a diversidade!

  25. giovane says:

    Tudo é questionavel até o fim da vida,tem pessoas que são atraidas pela natureza verdadeira da pessoa ,outras tem o fetiche papai e mamae,outros adoram uma novidade,em alguns momentos tudo se mistura,hetero,homo.Eu sei que pscologicamente o homem se sente o alfa guando exerce o papel de provedor.Froid criou esses nomes homo e hetero,e a historia diz que ele éra sádico com sua propia mulher,homem que bate em mulher é o que?………covarde,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *