Gay, mostra sua cara!

É de lascar mesmo. Dão um tiro na barriga de um garoto de 19 anos no Parque de Ipanema no Arpoador,  vinculam meia dúzia de notas na imprensa e pronto, dever cumprido. Nínguem mais quer saber do assunto. Foda-se. A sociedade repete a frase usada pelo militar que o baleou: – Se pudesse matava todos os viados com as próprias mãos. Raça desgraçada! – O silêncio social nada mais é do que a conivência com esse militar. Se pudessem nos matavam mesmo, com as próprias mãos. E estão conseguindo. Quanto mais nos calamos, mais nos matamos, menos cidadãos nos sentimos, menos portadores de direitos iguais nos tornamos. Sub-raça é o nosso destino? Será que somos mesmo desgraçados como disse o militar ao disparar o tiro?

Pois é assim mesmo que me sinto, quando ligo o jornal e não vejo ninguém se indignar com a violência que sofremos nesses últimos dias, quando vejo os pais dos garotos, que atacaram gays na Av. Paulista com lampadadas na cara, dizerem que aquilo foi uma coisa de criança, que era briga normal de adolescentes e que estes haviam sido paquerados pelos gays e portanto estavam se defendendo. Quando os gays irão protestar? Fazer um barraco? Não estou mais aguentando este estado de inércia, essa atitude Pilatus, esse conformismo exacerbado e pacificador que jamais trouxe mudança alguma. Como somos alienados, covardes e acomodados. Me dá nojo viver em um país assim. O que vai ser necessário para unir a classe gay? O que precisamos fazer para que nos escutem? Caralho, que sensação ruim de impotência!

Não tenho a resposta para nada disso, mas eu tenho certeza que quanto mais gente se assumir, quanto mais gays vierem à público e revelarem sua sexualidade, mostrarem sua cara, melhor a vida de todos nós. Mas a corrente é contrária, o que acontece é o inverso. Veja o caso do Gianeccini, todo mundo sabe que ele é gay, e sacaneia, zombam, ridicularizam ele o tempo todo porque não se assume. O povo não é cego, e vai sacanear até ele se assumir. Claro que eu acredito que todo gay tem seu tempo, mas quando se trata de celebridades isso não vale. É o preço. São exemplos, precisam do público e devem tudo a eles, têm a obrigação de se assumirem, mostrar quem somos. Alguém duvida que se o Gianeccini assumisse, por exermplo, indo no Jô e falando que era gay, que ele continuaria trabalhando? Alguém tem que ser o primeiro, seguir o exemplo do Ricky Martin, que alavancou ainda mais sua carreira assumindo que era gay. Só sei que enquanto todos nós não mostrarmos nossas caras, seremos sempre marginalizados e tidos como cidadãos inferiores e indignos de sermos respeitados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in assumir, blog, couti, envelhecer, fotografia, gay, homofobia, justiça, mostra cara, Pensamentos, policia, politica, preconceito, projeto lei. Bookmark the permalink.

29 Responses to Gay, mostra sua cara!

  1. Rafael Bezerra says:

    ISSO É UM FATO, UMA REAL E FIDELIDADE DO ASSUNTO. SOMOS PARADOS NO TEMPO, E O TEMPO QUE NOS LEVE, PARA ONDE FOR, NAO SEI PARA ONDE VAMOS, SÓ SEI QUE É ISSO, É O QUE MERECEMOS…ENQUANTO FORMOS SUBMISSO A NOSSAS PRÓPRIAS FRAQUEZAS, SEREMOS MARGINALIZADOS DESSA FORMA. SOCIEDADE, NÃO QUER GAYS, NÃO QUER PROSTITUTA, NAO QUER MACONHEIRO, NAO QUER POBREZA, NAO QUER ALCOOLATRA, NÃO QUER NADA DE RUIM, NÃO QUER!! MAS TEM NECESSIDADES DE TUDO ISSO, AINDA…AINDA QUEREM VIVER ASSIM…CLARO QUE GAY, NAO É UM VICIO…MAS ELES COLOCAM COMO SE FOSSE…MAS MESMO COLOCANDO COMO UM VICIO, ELES PRECISAM DE NÓS! SE É ASSIM QUE ELES NOS TRATA, É ASSIM QUE DEVEMOS REAGIR, FORMAR UMA CONTRA-PARTIDA INICIATIVA DE LUTA CONTRA TUDO ISSO! SOCIEDADE É O QUE SOMOS E O QUE SOMOS É ISSO!.

  2. david era uma vez... says:

    Mau! Se a metade das pessoas que vão nas Paradas Gays levantassem a voz por uma causa ou votassem em alguem com base em pesquisas a nosso favor…. tudo seria melhor, mas parece que nós só sabemos nos divertir! é isso que o resto do mundo pensa! Pensa que somos um povo engraçado!E será que estão errados? Eu me entristeço com isso!Beijos meu amigo

  3. Ricardo Aguieiras says:

    Papzi Gay, oi!Acho que esse teu post tem umas questões sérias que concordo e outras, não…Vamos lá:Evidentemente, que precisamos urgentemente da Lei que criminaliza a homofobia, a PL 122, que está, inclusive, já mutilada, tiraram dela a parte que fala da religião. Ou seja, religiosos fundamentalistas podem nos atacar e disseminar o ódio e a homofobia, mesmo se a lei for aprovada. Você quer uma lei mutilada?Temos que ir para as ruas, recuperar Stonewall e sua grande lição, não podemos mais esperar bondades de presidentes sorridentes. O mal, grave, é que toda militância homossexual está vendida para o partidarismo. e temos militantes, inclusive, a quem não interessa o fim da homofobia, vivem dela, em cargos e salários.dois) discordo da sua postura quanto ao Gianeccini, pois, mesmo que ele seja um enrustido, ele não faz mal aos homossexuais nem valoriza ideiais homofóbicos. Vivemos no Brasil, não na Espanha, nem fazemos parte da União Européia. Se o Ricky assumiu, ótimo. Precisamos de exemplos assim, mas se você denuncia a homossexualidade de alguém famoso, você está usando a própria homossexualidade para fazer mal a essa pessoa, esse famoso. E eu não acho que a homossexualidade deva ser usada para CASTIGAR o próximo. Se o Ricky se assumiu agora, foi por ter, também, juntado um bom dinheiro e saber que pode aquentar as barras. Mas nesse Brasil de revistas medíocres e até mesmo absurdas, de programas que estimulam a ignorância e a desinformação, se um galâ assume sua masculinidade ele perderá, certamente, toda a sua carreira.(continua)

  4. Ricardo Aguieiras says:

    …acho que podemos compreender isso, não?Claro que seria ótimo se todos os/as homossexuais se assumissem. Mas vivemos no Brasil, país do medo e que mais mata homossexuais no mundo, portanto a questão é muito mais complexa que a cobrança que você faz.Eu admiro profundamente a sua coragem, você sabe. Mas, para nós que não somos famosos e que somos "galãs" apenas para meia dúzia… risos …no meu caso, nem pra isso…risos… convenhamos, é muito mais fácil dar a cara a tapa que um ator global.A homossexualidade não pode ser a desgraça de ninguém.Pelo seu texto, passa a impressão que a homofobia e os crimes homofóbicos só existem por que as pessoas não assumem, o que não é verdade total, apenas meia verdade.A homofobia grassa aqui por que politicamente não interessa à sociedade brasileira combatê-la, nem aos governantes e nem aos poderosos. Somado a isso tem a impunidade, sabemos que se eu tiver muita grana e/ou influência, não vou para a cadeia. Somado a isso temos o crescimento grave do fundamentalismo religioso, vivemos já uma ditadura evangélica, por que são maioria no Congresso; nas Cêmaras, no Senado e nas Casas Legislativas e barram todos os avanços sociais.A Argentina aprovou o Casamento Gay e leis que criminalizam a homofobia, idem o Uruguai, o Chile, a Venezuela e etc.; e não precisaram, nesses lugares que ninguém famoso se assumisse para que isso acontecesse. Aconteceu por que a sociedade tinha essa vontade política e sede de se modernizar, ao contrário da nossa, que é retrógrada.Quem garantirá a sobrevivência dele, do Gianecchini, se ele se assumir? Aqui, onde nenhuma novela ainda teve o tal beijo gay…?Você mesmo viu naquela manifestação na Cinelândia como o Movimento LGBT está totalmente esfacelado…Teríamos, antes, que pensar em união, em empatia, solidariedade, valores perdidos faz tempo, não há no país nenhuma ong LGBT que dê abrigo a jovens gays ou lésbicas expulsos por pais e mães de suas casas, nenhuma…Claro que se o tal famoso for um filho da puta e falar coisas contra LGBT's e homofóbicas, aí, sim, ele merece a denúncia e o "outing", do contrário estaremos voltando nossa raiva para nossos pares, como sempre ocorre, aliás…Precisamos de gente assumindo, sim. Mas não é só isso. Tem muita bicha assumida por aí que não está nem aí para Direitos e são as mais conservadoras possíveis, vide Clodovil e mais um tanto, Bornay etc., que não acreditavam nessa luta.Enfim, desculpe, é o que penso e sinto.Ricardoaguieiras2002@yahoo.com.brhttp://dividindoatubaina.wordpress.com/

  5. Papai Gay says:

    Ricardo, imagina, se você precisa pedir desculpas para discordar de algo que falei… Mas continuo achando que famosos tem o dever de sair do armário.

  6. Caco says:

    Eu acho que um começo para esse mudança é isso mesmo, não se esconder, não ter vergonha de ser gar. É aquela velha história… começar por nós mesmos. Porque até pode juntar uma tanto de gente pra protestar… mas será que adianta mesmo? Será que isso vai mudar a cabeça das pessoas? A parada gay acontece há tanto tempo, reúne milhares de pessoas, e ainda a gente tem que ver cenas de violência como essa que aconteceu no último evento. Eu disse pra mim mesmo que não ia me esconder, e até agora tô fazendo isso. Ainda ninguém me perguntou se sou gay, e, tenho vergonha de quando isso acontecer, não vergonha de ser gay, mas vergonha de uma nova situação, da discriminação das pessoas. Mas eu não me permito negar quem realmente sou. Eu me aceito, e isso já é um grande passo de progresso. Se todos se aceitassem….Eu fico feliz toda vez que pessoas públicas se assumem. Eu não entendo esse medo exagerado delas… Ninguém vai fechar portas de trabalho por a pessoa ser gay. Tá, isso pode acontecer, mas acredito que é a minoria. Na classe artística, principalmente, tem muito gay e muitos são respeitados.

  7. Caco says:

    Eu não acho que se um artista global se assumir gay vau perder trabalhos…

  8. Ricardo Aguieiras says:

    Papai, apelo pra você por que sei que seu ótimo blog tem muitos seguidores, por favor, denunciem este horror:http://twitter.com/homofobiaSim Essa página maldita já tem 15 MIL SEGUIDORES!!!Quem entende do twitter ( eu não entendo, sou bicha velha e burra… risos) denuncia lá também… mas tem o Safernet, clicar em "Homofobia" e denunciar:http://www.safernet.com.brReparem, por favor, como está crescendo a homofobia, de forma assombrosa. Vocês leram a merda absurda e fascista que é a Carta da Universidade Mackenzie contra a PL122/2006??? vejam em:http://acapa.virgula.uol.com.br/site/noticia.asp?origem=home&codigo=12102&titulo=Chanceler+do+Mackenzie+divulga+carta+p%FAblica+contra+a+criminaliza%E7%E3o+da+homofobiaAjudem nas denúncias, pessoal. Com a militância LGBT esfacelada e vendida como está, só nos restam essas poucas ações…Obrigado!

  9. Ricardo Aguieiras says:

    Papai, mais uma: nem todo o mundo é bonitão como você…então num dá pra mostrar a cara…risos… se eu mostrar a minha, fogem correndo e validarão o meu assassinato!..rsrs…então, ainda mais no nosso "meio" que é tão exigente e fascista com coisas de beleza e juventude…Beijo!

  10. styllbrandão says:

    papai gay, oihj eu tava dando aquele rolê de todo dia na net, e me deparei com seu blog assim, do nada… grata surpresa! :) não sei como expressar o q eu senti lendo muitos dos seus posts, que mexeram comigo de uma forma ' filha da puta'! tenho 19 anos e mesmo com minha mãe desconfiando, eu ainda nao tive a coragem de virar e dizer com todas as palavras, não por que eu tenha medo, mais pq tenho medo do que vão dizer dela,mãe solteira, com toda certeza vão jogar a culpa toda pra cima da minha velha DDD: o que eu faço papai? (intimidade rs) obrigado por fazer algo tão foda

  11. terradepaz says:

    Opa!
    Duas das melhores coisas que eu encontrei na internet no que diz respeito a temas GLBT foi o Seu blog e o blog 'Quem está falando'. Estava carente de leituras que pudessem espelhar o meu mundo e sentir que eu não estou sozinho e desde que os encontrei acesso diariamente para ver as novidades. Não tenho muito saco para postar comentários pela internet, nem nos meus blogs favoritos, mas vou abrir uma exceção devido a gravidade do assunto. Concordo com você que seria muito bom se mais pessoas se assumissem mas também tenho que concordar com comentário do Ricardo Aguieiras quando diz que denunciar a homossexualidade de alguém é também fazer mal a essa pessoa. Eu não gostava do Rick Martin. Mesmo. Acho que por causa de o fato de todos sabermos que ele era gay e ele sempre negando, minha antipatia por ele era por causa disso eu acho, mas confesso que passei a nutrir uma certa admiração por ele depois que li suas declarações e entrevistas falando abertamente sobre sua sexualidade. Gostei da entrevista que deu no programa da Oprah Winfrey. Eu pude entendê-lo. Entendo que não deve ser tão simples para o Gianecchini. Não é para nenhum de nós. Nossa sociedade ainda é conservadora, preconceituosa, e por isso cada um tem o seu tempo, cada um sabe onde o calo aperta. É muita coisa em jogo. Você por exemplo, teve a coragem de se assumir em uma época que era muito mais difícil, mas soube como fazer quando chegou a hora. E eu? Não sei quando, como e se vai acontecer algum dia. Envolve família, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, toda uma vida. (Continua….)

  12. terradepaz says:

    Como assumir a homossexualidade não significa colocar um letreiro na testa, pode ser necessário se assumir mais de uma vez, para cada novo grupo que você se inserir, em cada novo emprego, em cada novo lugar que em que for morar, para cada amigo novo, para cada um que perguntar. E dependendo da situação você pode ser bem recebido ou não, aceito ou não, tolerado ou repudiado, você e aquele seu colega hétero podem ser grandes amigos e no entanto ser tratado com hostilidade pela família dele quando visitar a sua casa. Lembra daquela cena memorável da novela Duas Caras em que o personagem do Estênio Garcia aproveita a hora do jantar para humilhar o personagem de Lázaro Ramos por ele ser negro? Vale para esse caso também. Morro de medo de passar por uma situação dessas. A razão pela qual eu resolvi comentar este texto foi pelo fato de envolver um militar. Apesar de tudo eu ainda admiro o Exército. Eu já servi a instituição e tenho muitas saudades dos tempos de caserna. Posso garantir que existem pessoas boas lá dentro, e posso dizer com toda a certeza que também existem homossexuais, e muitos. Eu mesmo tenho amigos militares que são gays. Mas a homofobia está tão enraizada nos quartéis que o caso do rapaz baleado é um reflexo disso. Veja o caso do sargento Laci…Eu tenho 25 anos e vivo num cárcere, numa prisão de grades invisíveis, pois sou do tipo que “nem de longe parece gay”. Eu tenho irmão evangélico que tem um coração imenso e que não sai por aí maltratando homossexuais, mas acha 'homossexualismo' coisa imunda aos olhos de Deus. Eu sei que os meus pais jamais aceitariam, eu sei que muitos amigos queridos se afastariam. Se o Brasil de uma forma geral é preconceituoso, o Rio Grande do Sul exala preconceito, e minha cidade, de interior, onde todo mundo sabe da vida de todo mundo, é uma aldeia de gente burra e venenosa (salvo algumas poucas exceções). Desde que soube o que era amor já me apaixonei diversas vezes e todas as vezes mantive em segredo por não poder declarar. Pode ser que meu dia chegue, mas com certeza não será amanhã e tão pouco será em breve.Desculpe ter me prolongado, mas para mim foi mais que uma postagem, foi um desabafo. Pedro.

  13. Papai Gay says:

    Terradepaz, não achei o seu "continua"…Mesmo assim vou responder a vocês sobre o empurrar para fora do armário. Claro que eu sei que cada um tem seu tempo e falei disso no meu texto. O que eu questiono é o fato de TODOS os atores da Globo, Record, SBT e cia. não se assumirem. Esses, para mim, não têm esse direito. Eles escolheram uma profissão na qual a sociedade se espelha e imita. Se essas pessoas MENTEM (sim, porque eles não escondem, eles mentem, se casam, simulam namoros e outras coisas mais) elas alimentam ainda mais a intolerância popular. O povo não para de chamar de viado e a coisa só piora para todos. Sei que é uma posição radical minha, mas sou assim, polêmico "is my middle name".

  14. Papai Gay says:

    Terra de paz, pronto seu "continua" já está devoidamente publicado. Bom, cada um com sua história. Espero que um dia consiga sair dessa prisão que você mesmo contruiu ao seu redor. Eu fiz o mesmo, mas um dia a casa caiu e não me arrependo nbem um segundo disso, pois agora quem gosta de mim eu sei que é pelo que eu sou.

  15. Papai Gay says:

    Caro Styll, fica difícil para mim saber o que é melhor para você fazer. Segue seu instinto, mas se você for pensar o resto da vida no que vão falar da sua mãe, não vai viver SUA vida. bjo

  16. Caco says:

    ***Participem888No próximo domingo (21), militantes do movimento LGBT e entidades sociais realizam manifestação em repúdio e reivindicação de providências contra a serie de atentados violentos cometidos na madrugada do último dia 14, na Avenida Paulista. A concentração do ato ocorre às 15h, no vão livre do MASP, de onde os manifestantes caminham para o local das agressões, próximo à estação Brigadeiro do metrô. Um abaixo-assinado virtual direcionado a autoridades públicas está disponível para adesões.http://edupiza.blogspot.com/

  17. Ricardo Aguieiras says:

    Papai,eu queria agradecer emocionado por você ter jogado na primeira página do seu blog a chamada para denunciarem o twitter homofóbico. A página foi retirada do ar. E justamente devido à nossa pressão. O que confirma como vale lutar. Bom , ainda tem os l5 mil seguidores para a gente atacar, mas só isso já demonstrou nossa força e coragem.Brigadão!Ricardo

  18. Paulo says:

    Olá Mau, realmente aqueles milicos delinquentes eles foram lá para na verdade extorquir dinheiro ameçando contar para os pais deles que eles eram homossexuais. Como muitos vivem no armário, eles acabam dando dinheiro para os milicos ficarem quietos. Mas com o Douglas não deu certo nesta artimanha usada por eles, pois o menino é assumido, aí o ódio aflorou e atiraram nele. São uns delinquentes que usam farda, espero que o exército os puna!Douglas quase pagou caro pela sua coragem, mas como seu pai e mãe sabem e vieram a público defender o filho aí a história mudou.Pois foram na delegacia fizeram ocorrência, não escondendo que o filho é gay e o proprio Douglas foi junto. A notícia veio a público e passou nas emissoras de tv e uma certa mobilização de opiniões de repúdio a atitude dos milicos começa a ocorrer mesmo que pequena.Muitas vezes se assumir faz com que se consiga apoio e assim muda um pouco a história. Sei que quem fica na marginalidade do armário, terá muita dificuldade de denunciar. E assim o preconceito continua.Quanto ao Gianechini ele não sofreu a agressão física do Douglas mas ele deve sofrer a agressão psiquica das fofocas e exposição da sua imagem em relação a sua orientação sexual, com certeza.

  19. Papai Urso do Interi says:

    Acho até que Ricky Martin, George Michael e Elton John ganharam muito mais fãs depois do out. Eu mesmo, do Ricky só conhecia 'Maria', ainda assim porque foi tema de abertura de Salsa e Merengue, mas agora me converti em fã assumido. A biografia dele é um texto de amor à causa gay, impossível não se emocionar com suas vivências… Chego a pensar, E esse cara sempre esteve na mídia como não ouvia o que ele dizia, como isso é genial, estou prestando atenção ao cara agora justamente porque ele é das poucas celebridades que escancarou… Mas aí penso que estou no Brasil, que não sou celebridade, e aí o arco-íris multicores torna-se esse pesadelo preto-e-branco que vc descreveu quando vê os jornais na TV…

  20. Anonymous says:

    Boa tarde…Papai gay, antes de mais nada parabéns pela proposta do blog e por sua história de coragem e amor, faz um tempo te sigo em silêncio e já me emocionei muito sobretudo no post que você fala sobre seu filho e quando você se assumiu como gay pra ele…Às vezes subestimamos a capacidade de compreensão de uma criança, mas o fato que a inocência é e será sempre compreensiva,leve e sem maldades…Aposto que seu filho hoje é um menino de coração bom e cabeça legal, parabéns…De fato numa sociedade tão preconceituosa e cheia de tabus não deve ser fácil viver se escondendo, principalmente se escondendo de si mesmo…hoje vivemos em tempos de intolerância e violência, violência contra mulheres, crianças, negros, homossexuais, até quando meu Deus?Não há uma semana que um crime de intolerância aparece nos meios de comunicações nos chocando e fazendo acreditar que com isso muitas pessoas terão medo de serem o que realmente são…ficarão se escondendo com medo, até quando?São tantas perguntas e todas elas sem respostas…Isso tem que acabar…HomofobiaNÃO…dignidade humana já…um Abraço fique com Deus…Isabel…

  21. Papai Gay says:

    Papai Urso do Interior, adoro seus comentários, te acho inteligente, articulado e bem resolvido. Ops, bem resolvido aparentemente, pois não tem como ser isso, dentro do armário. Sai logo, seu discurso vai ganhar muito mais eco.

  22. Paulo says:

    Mau Couti, voce viu o que um colunista da Veja escreveu a respeito da plc122? ele comparou ao ato institucinal AI5, a falange gay, etc. Li todo o artigo e acho que ele é um PIMBA = pseudo intelectual metido a besta alternativa…rsrsr. Mas veja os argumentos dele e ele sai na defesa do reitor do machenzie. Veja: http://mixbrasil.uol.com.br/pride/seus-direitos/e

  23. Ricardo Aguieiras says:

    Ok, se o Gianne assume, teremos também que seu casamento com Maria Gabriela foi uma farsa, e também falam que ela é lésbica,ela deveria assumir também, concorda? E, igualmente, o filho dela, que dizem que era caso do Gianne. Maria Bethânia nunca assumiu, até hoje, nem Gal. Assumir é verbalizar, tornar público através do próprio indivíduo envolvido no ato de assumir-se. Se isso não ocorre, apesar dos falatórios, não é assumir. No entanto, essas pessoas citadas nunca falaram nada homofóbico e, pelo que eu saiba, assinaram no passado até manifestos em nosso favor.Acho polêmico essa cobrança, me lembra algo como caça às bruxas. Seria excelente se todo mundo se assumisse e vivessem sua verdade interior da maior autenticidade possível. Mas não sei se uma ação de cobrar ou de dedurar famosos traria benefícios para a luta contra a homofobia. Tenho minhas dúvidas. Perante o gravíssimo quadro de homofobia, precisaríamos do apoio de toda a sociedade brasileira de bem. E o outing forçado gera antipatia, poderia justamente afastar outros famosos que nunca se negaram a nos ouvir e apoiar, desde que o jornal "Lampião da Esquina", por exemplo, em 1980 foi perseguido pela ditadura militar; fui junto com o grande militante Darcy penteado atrás de assinaturas de famosos em apoio e protesto e muita gente não assumida assinou e apoiou.Quando coloquei meu comentário acima, não queria criticar, mas provocar reflexão. Eu ADORO seu blog!

  24. Papai Gay says:

    Paulo, já imagino o que ele falou, tem muita gente que acha que é algo fascista, e que estaremos tolindo a expressao de idéias contrárias às nossas. Eu acho tudo isso uma grande burrice. É só comparar ao racismo! PONTO FINAL! Se falar que ser preto é errado dá cana, o mesmo tem que ser feito com quem fala que é errado ser gay. Simples assim. E vou tentar nem ler esse artigo. Me irrita MUITO!

  25. Papai Gay says:

    Ricardo, não acho que devemos arrancar ninguém do armário, mas sinceramente acho que é uma MERDA ao quadrado tanta gente escondida. Não mostramos a nossa cara. Uns por acharem (pasmem) que é algo desnecessário e outros por covardia mesmo. SIM COVARDIA, pois eu também era covarde quando me escondia. Acho que já não é mais algo tão pessoal assim, ser gay. Como não é pessoal ser negro. Mas, não tenho muito saco pra essa discussão. Desculpa se pareço grosso, mas tem coisas que eu acho e não tem argumento que me convença que alguém ainda precisa estar no armário. A não ser que esteja numa situação de risco. Aliás, todos estamos, eu estou mais ainda quando falo o que penso nesse blog, mas o que eu faço? Finjo que não me importo, como muitos? Enfraquece a luta por direitos iguais tanta gente inrustida.

  26. Papai Gay says:

    Paulo, óbvio que não resisti e apertei o link do seu comentário sobre a PLC122 e as criticas feita pelo colunista da VEJA. Isso gerou meu último post. Obrigado. Eu sou muito contraditório mesmo.

  27. Ricardo Aguieiras says:

    Você não foi grosso, Papai Gay, você foi autêntico e eu admiro pessoas que defendem ferrenhamente suas ideias. Eu insisti nesse assunto apenas por que queria refletir junto, aqui, com você e com seus tarimbados leitores.Gracias,Ricardo

  28. Vine says:

    "quanto mais gente se assumir, quanto mais gays vierem à público e revelarem sua sexualidade, mostrarem sua cara, melhor a vida de todos nós"Concordo mas nem todos estamos preparados para isso, infelizmente não q não queiramos nos assumiu mas que tudo em nossa volta nos impede! :/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *