Quem é mais humano, eu ou o Papa?

Fico perplexo cada vez que o Papa Bento XVI abre a boca!  Sua última pérola é a frase mais preconceituosa sobre a homossexualidade que já vi na vida, e olha que já li e ouvi muitas outras… Essa tem uma crueldade especial, pois foi lançada em uma época festiva, onde todos deveriam estar em clima de confraternização, o Natal. Vou reproduzi-la aqui:

“Gays são pessoas que manipulam o gênero dado por Deus para adaptar suas opções sexuais, destruindo a “essência do ser humano” no processo” . (Papa Bento XVI)

Acho que não há o que discutir sobre o teor homofóbico de tal pensamento, portanto, só externá-lo já deveria ser motivo de processo, mas não, estamos falando do Papa, grande líder religioso e Chefe de Estado, o que lhe confere um status acima de qualquer lei humana, pois é dono da sabedoria divina e segue apenas os preceitos bíblicos. Ora, me poupem, ele não é divino, é um homem como qualquer outro, nasceu da vagina de uma mulher, foi criança, adolescente, até mesmo nazista, pois aos catorze anos se alistou na Juventude Hitlerista e fez parte do maior massacre humano por discriminação da história recente, não tem nada de diferente de qualquer um de nós. Então, por que tanta “papa” na língua quando se trata desse sujeito? Ele é um HOMOFÓBICO, retrógrado, como todos os outros Papas, que até hoje, condenam o uso da camisinha, pondo em risco milhões de seus fiéis que, irracionalmente, obedecem e são expostos ao vírus da AIDS a cada transa. Já deu, né? Levar esse senhor à sério em pleno século 21 é demais.

Agora vamos à frase em si: “Gays são pessoas que manipulam o gênero dado por Deus…” Tudo nessa frase é absurdo. Gays manipulam o gênero? Vamos lá. Gênero nessa frase se trata do que diferencia o homem da mulher. Sou homem e em nada mudei a respeito disso, embora reconheça que as transexuais o fazem, vamos nos ater aos gays que não mudam de sexo, nem se operam. Essa generalização do Papa em si já é repleta de preconceito, pois assume que todos os gays querem arrancar fora seus paus e se tornarem mulheres de vagina. Ignorância pura! E vou além. Pra mim, os únicos que tentam manipular seu gênero masculino, são os próprios padres que a todo custo precisam se tornar assexuados para viver a estupidez do celibato! Se tem alguém manipulando seu gênero masculino nessa história é o próprio Papa que não “pode”, em tese é claro, pois na vida real a coisa é bem diferente, se entregar aos seus desejos sexuais. Quem está sendo anti-natural afinal? Quem se priva de um dos melhores e mais fortes prazeres da vida ou aquele que com honestidade segue o rumo natural de seus desejos? Quanto a achar que o gênero é determinado por Deus, não vou discutir crenças, mas prefiro acreditar na genética e seus cromossomos XX ou XY’s! Mas, mesmo que fosse algo divino nascer homem ou mulher, também deveria ser divino, por exemplo, nascer moreno ou loiro, de olhos azuis ou castanhos, e mesmo assim BILHÕES de pessoas “MANIPULAM” isso com tinturas e lentes de contatos todo “santo” dia e nunca vi o Papa falar que isso é uma ameaça a ninguém!

Vamos ao restante dessa maldita frase: manipulamos para “adaptar nossas OPÇÕES sexuais”! Ora, lá vem essa palhaçada de dizer que optamos por ser gays! Acho que isso já foi tão discutido que não merece apreço. Nascemos gays e ponto final. Mas o pior foi reservado para o final: “… destruindo a essência do ser humano no processo!” Essa suposta manipulação da nossa “masculinidade” divina nos torna monstros, pois nem humano seremos se o fizermos. Ou seja, esse senhor quer deixar claro para seus seguidores que homossexuais NÃO SÃO HUMANOS! Por lógica somos o quê? Nada? Zumbis? ABERRAÇÕES? Não tem como não fazer esse raciocínio. É uma frase que nos desumaniza, portanto, podem nos assassinar à vontade com o aval do senhor santíssimo Papa, pois nem humanos somos. Imagina isso na cabeça de um pai religioso que começa a notar a homossexualidade em seu filho(a)… Que afirmação mais irresponsável foi essa que o Papa lançou bem no Natal? Isso é ser “humano”? Quem foi que destruiu a essência humana afinal, o Papa que em plena época festiva de fim de ano lança essa frase ou um gay, como eu, que tem mãe, teve um dia um pai maravilhoso, fez um filho, tem 2 gatos, um namorado companheiro, e ainda adotou uma cartinha de uma criança carente nesse natal e foi seu Papai Noel? Detalhe, isso tudo sendo Ateu! Fazer o correto, “graças a Deus” ainda não tem nada a ver com religião, tem a ver com SER HUMANO de verdade!

Feliz Natal a todos os gays do planeta!

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in amor, gay, igreja, nazista, opinião, papa, papai gay, Pensamentos and tagged , , , . Bookmark the permalink.

6 Responses to Quem é mais humano, eu ou o Papa?

  1. Lucas says:

    “Somos unicórnios, nunca quis ser um humano”.

    Desculpa se ainda não posso deixar um comentário mais animador aqui, preciso refletir um pouco sobre isso.

    • admin says:

      O importante é deixar um comentário querido… Feliz natal!

      • Inconformado says:

        Sou Gay, tenho 19 anos, sou católico, acredito em Deus, e em Deus apenas… Se eu estiver errado, que Deus me perdoe, mas o ser humano é um grande formador de opiniões. Com seu orgulho, humildade, arrogância ou altruísmo torna-se ignorante por não saber levar em conta as opiniões de seus semelhantes. “Achar” alguma coisa certa ou errada e acreditar nisso, já é errado. Nós fomos feitos para raciocinar e não para “achar” nada… Quem se priva do raciocínio acaba sendo manipulado por políticos desonestos, psicopatas, e, infelizmente, por religiões… Em vez de tentar entender, as pessoas deveriam procurar SENTIR mais AMOR ao próximo em vez de julgar se o amor entre dois Homens é verdadeiro ou não… SE “DEUS É AMOR” E O “AMOR” UNIU DUAS PESSOAS, “Não separe, pois, o homem, o que Deus uniu” (Marcos 10:8). A igreja é muito contraditória, vive sustentando a ideia do amor, mas não perde aquele caráter medieval de orgulhoso, repressão e preconceito… Estão sempre “rasgando nossas vestes”. “Deus se deixa conquistar pelo humilde e recusa a arrogância do orgulhoso” (Papa João Paulo II)

  2. Foxx says:

    sua desconstrução da frase dele foi mto bem feita.
    eu li essa semana que ele tá pretendendo se unir a outras religiões para impedir a aprovação de leis sobre o casamento gay…
    alguém precisa por um freio nesse homem…

  3. artista says:

    OI, estou divulgando meu recém-criado blog.
    é sobre romances gays.
    Aos interessados:

    http://romantismogay.blogspot.com.br/

    Espero que os moderadores possam divulgar também.

Leave a Reply to Lucas Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *