Marinor Brito, esse é o nome da Senadora que vai ferrar o BOLSONARO!

Após bate boca, senadora do PSOL entra com representação contra Bolsonaro.

 

 

O nome dela é MARINOR BRITO do PSOL (PA). Enfrentou sozinha o retardado do Bolsonaro que ficou falando em heterofobia em vão, pois ninguém o levou a sério. Esse partido, o PSOL, é o mesmo que nas últimas eleições teve a coragem de colocar no horário político gratuito um beijo gay que virou polêmica em todo país. Logo após o bate boca que se deu na sessão que decidiu pelo adiamento da votação da lei anti-homofobia, na Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Eu morri de rir aqui em casa, assistindo pelo Jornal Nacional. Queria mesmo que ela metesse a mão na cara desse safado. Mas ela fez melhor, entrou nesta quinta-feira (11) com uma representação contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) na Procuradoria do Senado. Vamos ver se dessa vez a coisa anda, pois não aguento mais assinar petições virtuais para a cassação desse cara. Mas fica a dica, nas próximas eleições vamos ficar de olho no PSOL, pois é o único que se manifesta abertamente seu apoio aos LGBTs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

10 Responses to Marinor Brito, esse é o nome da Senadora que vai ferrar o BOLSONARO!

  1. Hime says:

    Apesar de ser hetero, estou longe de ser homofobico, e com certeza esse cara tem que pagar por toda palhaçada que ele vem dizendo na TV esses dias… Merecia tomar muita porrada na cara para aprender que homossexual também é gente igual, ou melhor, gente melhor que ele…

    Abraços.

  2. Leon says:

    É tão deprimente o cara falar em heterofobia, quando as pessoas que defendem esses projetos de lei em nossos parlamentos são, em sua maioria, heterossexuais (salvo o Jean Willis, um dos poucos gays que conseguiu chegar lá). O Bolsonaro não enxerga muito além do que seus olhos burros permitem e usa as táticas dos pastores de igrejas evangélicas para convencer a todos de que está certo, mesmo quando não está: apela para o absurdo, levanta a voz, tira a oportunidade dos outros de falar, se faz de vítima. Já não sei quem é mais palhaço: o Tiririca ou o Jair Bolsonaro, esse ator de quinta categoria.

  3. Leon says:

    A propósito, Mau, gostaria de deixar uma sugestão para o seu blog: o sistema de comentários do Blogger supre as necessidades mais comuns, mas não vai muito além. Gostaria de saber o que as pessoas comentaram depois de mim, mas não quero ter que retornar ao blog (utilizo o Google Reader para ler o grande volume de coisas que chegam para mim). Sugiro que adote o Intense Debate, pois este permite, além de um sistema de comentários mais inteligente e interativo, o acompanhamento dos comentários seguintes por e-mail. O que acha?

  4. Eu says:

    E nem só isso, o PSol unanimemente votou contra o aumento de salário para parlamentares. Queria eu ter o orgulho de ter o Jean Wyllys como Deputado Federal. Mas esse privilégio ficou para o Rio. Sorte deles.

  5. Tomara que ela ferre ele mesmo.

    Homem ridículo esse Bolsonaro.

  6. Papai Urso do Interi says:

    Quando vejo Bolsanara na privada (televisão), eu vou lá e dou descarga (desligo)! Tem funcionado assim pq esse cara me dá engulhos! Mais raiva ainda eu tenho de quem dá microfone e camera p/ esse escroto se exibir!

  7. Diego de Oliveira says:

    Engraçados, quer dizer que se eu saio de mão dadas com outro cara enrolado numa bandeira de arco íris eu sou livre pra me expressar e estou praticando um gesto lindo? se eu distribuo livros nas escolas ensinando aos filhos dos brasileiros que fazer sexo com pessoas do mesmo sexo e super natural eu sou um pacificador!
    agora se eu pendurar uma faixa dizendo não ao homossexualismo eu sou criminoso?
    direitos iguais meus senhores, não sou homofóbico e muito menos apoio o homossexualismo! E se depender do PSOL vou virar fora da lei pq dizer o que se pensa pode virar crime!

    • Papai Gay says:

      Cara, mas o que você acha? POsso andar por ai falando que sou contra pretos? Ou judeus? Não irei preso por racismo? Mesma coisa!!!

      • EF says:

        Mandar uma pessoa embora apenas por que se descobriu que ela é homossexual pode configurar racismo – inclusive é previsto isso em lei, não?. Agora, dizer que o homossexualismo trás vários problemas sociais é opinar, expressar suas idéias. Não é racismo!

        Acorda guri, querer liberdade não é impor o que você pensa, o que acha certo como regra e padrão de conduta para todos.

        Aliás, como tu te chamas PapaiGay, te proponho um fato a pensar.

        Se tu queres teus direitos e não queres passar por hipócrita, assegure o direito de toda crianca ter um pai e uma mãe. E configura-se pai e mãe pessoas de sexo distintos, pois todas as crianças tem o direito de contar com a figura masculina do pai e a feminina da mãe em todo o processo de formação do seu caráter.

        • admin says:

          Como pode me chamar de hipócrita com uma afirmação tão retrógrada de que toda criança tem o direito de um pai e uma mãe? Não acho isso de jeito algum. Acho que as crianças devem ter direito a um lar. PONTO! Não importa se de mãe, pai, padrasto, tia, freira… Só mostra a tua ignorância expressar isso. Outra coisa muito equivocada: Mandar uma pessoa embora por descobrir que é gay n]ao é racismo, simplesmente poque gay não é raça, é orientação sexual. Dizer que só o fato de ser gay trás vários problemas sociais pode até ser uma opinião, mas é uma opinião de ódio que se entende por um discurso de ódio a gays, o que deveria ser crime. Enfim, você é uma pessoa muito equivocada!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *